1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem votos)
Loading...

Minha Casa Minha Vida Aracaju 2017

O programa Minha Casa Minha Vida é o mais popular do governo federal. Criado com o intuito de beneficiar as famílias pobres, hoje há faixas que beneficiam famílias com uma renda superior a R$5 mil reais.

O principal foco do programa continua sendo até o presente momento as habitações populares e por isso, sorteios continuam acontecendo ao redor do país. Em Aracaju, diversas famílias se inscrevem anualmente para concorrer a uma casa própria.

Minha Casa Minha Vida Aracaju 2017

Minha Casa Minha Vida Aracaju 2017. Imagem:divulgação

Em 2016 os sorteios já aconteceram. O Minha Casa Minha Vida também têm uma função social, que ajuda pessoas que vivem em situação de risco a conseguir uma casa própria, dando um bom subsídio para que essas famílias possam ter uma vida melhor.

O valor da parcela é bem abaixo do que os demais bancos oferecem em casos de financiamentos e vale a pena pesquisar a modalidade de financiamento melhor.

Minha Casa Minha Vida Aracaju 2017

Minha Casa Minha Vida Aracaju 2017. Imagem:divulgação

O programa que já entregou mais de 4 milhões de moradias não para. O MCMV, como pode ser chamado, voltou com tudo e prevê a contratação de 400 mil unidades em todas as faixas de renda. Além disso, todas as obras que estavam paradas estão sendo retomadas aos poucos.

Com essas novidades, cresce a esperança de famílias que ainda não tiveram a chance de serem beneficiadas pelo programa. No começo desse ano Aracaju abriu as inscrições e milhares de famílias puderam se inscrever.

Acesse e saiba mais informações: Minha Casa Minha Vida Inscrição

Quem pode fazer parte do programa?

Para poder efetuar o cadastro e participar do programa, as famílias tinham que preencher os seguintes requisitos: morar no município de Aracaju, ter mais de 18 anos ou ser emancipado, não ter imóvel no nome, não ter sido beneficiado por programas habitacionais anteriormente e ter uma renda mensal de até R$1.600.Esses mesmos requisitos são válidos para outros estados.

Minha Casa Minha Vida Aracaju 2017

Minha Casa Minha Vida Aracaju 2017. Imagem:divulgação

A exceção vai para quem contratar a construção da casa própria pela Caixa, nesse caso é necessário conferir os requisitos com a própria instituição. Qualquer família que preencha os requisitos mínimos pode se inscrever. Primeiro é necessário encaixar-se em uma faixa de renda. Para concorrer a casas populares é necessário ter renda de no máximo R$1,8 mil por mês.

Rendas superiores a esse valor dão às famílias o direito de contratar diretamente com a Caixa a construção da sua casa própria. Depois disso, o futuro proprietário do imóvel precisa preencher alguns requisitos, como não ter outra casa em seu nome, não ter recebido benefícios habitacionais antes e não estar cadastrado.

Quais os documentos necessários para a inscrição?

Uma série de documentos é solicitada para realizar a sua inscrição. O futuro proprietário do imóvel deve levar os seus documentos e também os do cônjuge, caso tenha um. Confira quais são os documentos necessários:

RG,

CPF,

RG de estrangeiro,

Certidão de Nascimento ou Certidão de Casamento,

Declaração de União Estável no modelo da CAIXA e Declaração de Beneficiário do PMCMV – Recursos do FAR no modelo da CAIXA.

Acesse e saiba mais informações: Simulador Caixa Construcard

O que fazer após realizar a inscrição?

Os sorteios do programa Minha Casa Minha Vida são destinados as famílias que possuem uma renda total bruta de no máximo R$1.800,00, ou seja, as famílias que fazem parte da primeira faixa de renda do programa.

Minha Casa Minha Vida Aracaju 2017

Minha Casa Minha Vida Aracaju 2017. Imagem:divulgação

As famílias devem ir até a prefeitura da cidade para fazer a inscrição e automaticamente já concorrer aos sorteios, obtendo os mesmos benefícios e vantagens que só o Minha Casa Minha Vida pode oferecer.

Após essas inscrições e a aprovação de famílias, 182 casas vão ser sorteadas para o público e alguns critérios serão considerados prioritários, como morar em área de risco, insalubre ou que tenha sido desabrigada, ter alguém deficiente na família, ter a mulher como chefe da família e receber o auxílio-moradia.

Mais informações sobre isso podem ser tiradas no momento da inscrição no SEMFAS ou no Centro de Referência de Assistência Social.

Recomendados para você: